Livros e Publicações Preste Atenção! Reportagens Especiais Caricaturas Parceiros Destaque Coberturas Entrevistas Lançamentos Home
CD: MX – A CIRCUS CALLED BRAZIL

Postado 26 de setembro de 2018 às 16:12

Share |

MX
A Circus Called Brazil
Shinigami Records – Nacional

De volta à ativa desde 2012, o MX é um dos grandes nomes do Thrash nacional firmado nos anos 80, vindos do ABC Paulista. Obras como Simoniacal (1988) e Mental Slavey (1989) são referencia até hoje no meio e declarada influencia de diversos músicos mundialmente conhecidos. O retorno do grupo atualmente formado por Alexandre Cunha (vocal e bateria), Alexandre “Dumbo” Gonsalves (guitarra, baixo e vocal), Alexandre “Morto” Favoretto (baixo, guitarra e vocal) e Décio Jr. (guitarra), foi marcado com o lançamento de Re-Lapse, já resenhado neste site e que conta com diversos clássicos revisitados do grupo.

Finalmente em 2018, os rapazes trazem à luz um trabalho só de inéditas e, para adiantar, de muita qualidade e coerência. Isso porque A Circus Called Brazil, versa e critíca duramente em suas letras sobre o cenário atual politico-social-econômico no qual o país se encontra, atitude que o grupo não se furta e escancara qual vai ser o recado a ser dado desde o título do trabalho. Todo o trabalho, desde a arte da capa gira em torno do assunto e o capricho nos detalhes é notável, os desenhos caricatos, as referências ao mundo do circo, tudo remete à mensagem final.

São quarenta minutos de pancadaria sem descanso, logo após a misteriosa intro Halloween Circus induzir o ouvinte à entrar em um clima macabro. Fleeing Terror abre de fato os trabalhos, faixa conhecida desde 2017, que diz muito do que virá até o fim da audição. Faixas rápidas, enérgicas, que representam tradicionalmente o Thrash Metal de maneira uniforme. Podemos destacar também as faixas Murders, Toy Soldier, Apocalypse Watch e obviamente a faixa título, além do ótimo cover de Motorhead, Speedfreak.

Sem muitas “invenções” no som, a banda se mostra em pleno vigor, mais experiente e em termos de qualidade, extremamente elevada, sem perder a essência Thrash de tantos anos atrás.

 

lancamentos